Em jogo equilibrado, Vila Nova briga até o fim, mas Vasco vence e dorme no G-4

Em jogo de baixo nível técnico realizado em São Januário, o Vasco levou a melhor contra o Vila Nova e venceu por 1 a 0. A atuação dos vascaínos esteve longe do ideal, mas o resultado foi excelente, e a equipe dorme no G-4. Seca CRB, Sampaio Corrêa e Botafogo na quarta-feira para seguir no […]

11 agosto 2021 - 0:25 | Por João Vitor Simões

Em jogo de baixo nível técnico realizado em São Januário, o Vasco levou a melhor contra o Vila Nova e venceu por 1 a 0. A atuação dos vascaínos esteve longe do ideal, mas o resultado foi excelente, e a equipe dorme no G-4. Seca CRB, Sampaio Corrêa e Botafogo na quarta-feira para seguir no grupo dos que sobem à Série A.

Foto: Alexandre Durão

O único gol da partida foi de Léo Jabá que, em lance de sorte, tentou cruzar, mas contou com desvio de Renato Silveira e viu a bola morrer no fundo do gol de Georgemy.

A partida teve domínio do Vasco no primeiro tempo, mas as melhores chances foram do Vila. Já na etapa final, os donos da casa se encolheram com as mudanças do treinador Higo Magalhães, e o Vila deixou São Januário com um gostinho de que poderia ter conseguido resultado melhor.

Pressionou até o fim, Rafael Donato esteve perto de marcar em duas cabeçadas, e Clayton ainda chutou com muito perigo já nos acréscimos.

Num jogo de nível técnico fraquíssimo, atitudes nada convencionais do árbitro mineiro Felipe Fernandes de Lima chamaram atenção. Nada aberto ao diálogo, distribuiu 11 cartões amarelos, quatro para o Vasco e sete para o Vila, e assinalou 39 faltas. Na Central do Apito, Sandro Meira Ricci criticou a atuação de Felipe.

Na próxima rodada, o Vasco pega o Remo no Baenão, em Belém, na sexta-feira, às 21h30 (de Brasília). O Vila joga no domingo, às 11h (de Brasília), contra o Londrina, no Paraná.

Acadêmico de Jornalismo pela PUC - Goiás, redator do Papo Aberto e entusiasta em Política Internacional e Esportes.

NAS REDES

© COPYRIGHT 2018, PAPO ABERTO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS