Com dois gols de Marta, Brasil goleia China na estreia nas Olimpíadas

Com dois gols de Marta, um ataque envolvente e participativo, com Bia Zaneratto, Debinha e a reserva Andressa Alves também marcando, e a goleira Bárbara brilhando nos momentos mais difíceis, a seleção brasileira feminina goleou a China por 5 a 0 nesta quarta-feira, em Miyagi, na abertura do Grupo F dos Jogos Olímpicos de Tóquio. […]

21 julho 2021 - 15:43 | Por João Vitor Simões

Com dois gols de Marta, um ataque envolvente e participativo, com Bia Zaneratto, Debinha e a reserva Andressa Alves também marcando, e a goleira Bárbara brilhando nos momentos mais difíceis, a seleção brasileira feminina goleou a China por 5 a 0 nesta quarta-feira, em Miyagi, na abertura do Grupo F dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Foto: KOHEI CHIBAGARA / AFP

O placar repete a melhor estreia brasileira em Olimpíadas, a goleada sobre Camarões em Londres-2012, e mantém a escrita da seleção feminina, que venceu todas as partidas iniciais em suas sete participações nos Jogos.

Além disso, Marta se tornou a primeira jogadora a fazer gol em cinco edições de Olimpíadas. Com os dois que fez na estreia, chegou a 12 na história do torneio, e agora está a apenas dois de igualar a também brasileira Cristiane, a maior artilheira do futebol olímpico – nessa corrida Marta tem a companhia da canadense Christine Sinclair, que fez o gol da sua seleção no empate em 1 a 1 com o Japão e também chegou a 12 nos Jogos.
Marta poderia ter feito três nesta quarta, mas abriu mão da cobrança de pênalti convertida por Andressa Alves no segundo tempo. Após o jogo, Marta exaltou o espírito de união na equipe: “Aqui não tem vaidade”.
A seleção brasileira volta a campo sábado, às 8h (horário de Brasília), pela segunda rodada do Grupo F, de novo em Miyagi, para enfrentar a Holanda, que também estreou com goleada: 10 a 3 sobre Zâmbia. Depois, o Brasil enfrentará Zâmbia, dia 27, encerrando a fase inicial.

Acadêmico de Jornalismo pela PUC - Goiás, redator do Papo Aberto e entusiasta em Política Internacional e Esportes.

NAS REDES

© COPYRIGHT 2018, PAPO ABERTO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS