Governo de Goiás lança projeto voltado para o desenvolvimento industrial nos próximos 10 anos, o AgreGO

Na quinta-feira (1), o governo de Goiás anunciou o projeto de agregação de valor para o setor industrial do estado (AgreGO), que visa promover o desenvolvimento deste setor nos próximos 10 anos. As informações são do portal Diário de Goiás. O governador Ronaldo Caiado participou do  lançamento do projeto no Palácio das Esmeraldas, e tem […]

2 julho 2021 - 17:35 | Por Elisama Vasconcelos

Foto: Reprodução/André Saddi

Na quinta-feira (1), o governo de Goiás anunciou o projeto de agregação de valor para o setor industrial do estado (AgreGO), que visa promover o desenvolvimento deste setor nos próximos 10 anos. As informações são do portal Diário de Goiás.

O governador Ronaldo Caiado participou do  lançamento do projeto no Palácio das Esmeraldas, e tem a iniciativa da cooperação da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado (Adial), Fórum das Entidades Empresariais e tem a parceria da Magno Consultoria em seu desenvolvimento. De acordo com o governo de Goiás, a parceria terá o objetivo de identificar gargalos e propor soluções de curto, médio e longo prazos para aumentar a atração de novos negócios para o estado.

Segundo o governo, o AgroGeo, articulado pela Secretaria-Geral da Governadoria (SGG), prevê ações a serem executadas até 2030 com objetivo de estruturar, de forma sustentável, avanços para geração de renda e emprego em todo o estado.

“Não acredito em improvisação. Algo para dar certo tem que ser muito bem estudado. Se o condicionante para que o projeto dê certo é a parceria do Estado, terão meu aval com o objetivo de fazer com que a população goiana tenha os benefícios que possam ser gerados em decorrência de todos os investimentos a serem feitos”, pontuou o governador Ronaldo Caiado.

Caiado ainda disse que seu objetivo, como governador, é alcançar parcerias e juntar experiência dos que estão de fora e que querem ajudar a administração.

“Digo aos meus secretários: governo pode muito, mas não pode tudo, tem que ter parceiros, pessoas experientes, com vivência. Essa iniciativa aqui hoje é uma ajuda enorme para o governo”, descreveu.

Ainda de acordo com o governo de Goiás, o AgreGo tem o apoio do Fórum das Entidades Empresariais do Estado, representado pelas seguintes entidades: Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg); Federação do Comércio (Fecomércio-Go); Federação das Associações Comerciais, Industriais e Agropecuárias (Facieg); Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL); Associação Pró-Desenvolvimento Industrial (Adial); Associação Comercial, Industrial e de Serviços (Acieg) e Sistema da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB).

 

 

Acadêmica do curso de Letras Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Goiás e redatora do Papo Aberto.

NAS REDES

© COPYRIGHT 2018, PAPO ABERTO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS