Adson Batista oferece Accioly , mas governo de Goiás diz que não foi procurado para receber jogos da Copa América 2021

Após decisão da Conmebol por sediar a Copa América de 2021 no Brasil na manhã desta segunda-feira (31), os governos estaduais se pronunciaram a respeito da possibilidade de receber jogos. O Governo de Goiás, através da secretaria de Comunicação, informou que não foi contatado nem pela Conmebol, nem pelo governo federal para a realização da […]

31 maio 2021 - 20:35 | Por João Vitor Simões

Após decisão da Conmebol por sediar a Copa América de 2021 no Brasil na manhã desta segunda-feira (31), os governos estaduais se pronunciaram a respeito da possibilidade de receber jogos. O Governo de Goiás, através da secretaria de Comunicação, informou que não foi contatado nem pela Conmebol, nem pelo governo federal para a realização da competição continental em Goiânia.

Foto: Reprodução/ Redes sociais

Apesar de sinalização negativa do governo estadual, o presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista, ofereceu à Conmebol o Estádio Antônio Accioly. Além de afirmar que o estádio possui condições necessárias para a realização do evento esportivo, com “iluminação padrão FIFA, sala para o VAR” e “estrutura moderna”; o presidente do clube do bairro de campinas disse em seu Twitter que traria “inúmeros benefícios” para o estado.

A Copa América está prevista para começar no dia 13 de junho, sem ser no próximo domingo, mas no outro. São 10 seleções divididas em dois grupos e que originalmente aconteceria em uma parceria entre Argentina e Colômbia. Ambas nações desistiram de sediar o torneio, sendo este por uma onda de protestos e aquele pela crescente nos casos de covid-19.

Neste mês de maio, Goiás registrou cerca de 56,5 mil contaminados por covid-19 e 2 mil mortos. Os casos foram menores que no mês de abril, porém especialistas alertam para a chegada da 3ª onda de Covid-19 em Goiás. A infectologista Christiane Kobal disse que vários fatores contribuíram para o aumento de casos e mortes nas duas últimas semanas de maio, entre eles, a liberação de eventos.

João Vitor Simões

Acadêmico de Jornalismo pela PUC - Goiás, redator do Papo Aberto e entusiasta em Política Internacional e Esportes.

NAS REDES

© COPYRIGHT 2018, PAPO ABERTO - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS